Home Notícias Mundial de Parapente na Bulgária 2013
Mundial de Parapente na Bulgária 2013 PDF Imprimir Envie este artigo para um amigo

Mundial de Parapente na Bulgária

 

Email do Bigode para o Alemão da Parapente Sul:

Boa tarde Alemão! Essa é a minha primeira competição fora do Brasil e ainda a primeira competição que participo, onde a maioria dos pilotos estão em condição de matar as provas tudo muito novo!. Estamos decolando aqui de uma montanha com desnível de 900 m.

Vou passar um pouco do que estou vendo e sentindo aqui. O local é muito bom de voo, mas nos primeiros dias o vento estava fora do "padrão" para esse local nessa época do ano segundo os locais. No primeiro dia de prova fiz um start muito bem posicionado e consegui segui sempre entre os 15 primeiros, mas no primeiro pilão uma sombra enorme derrubou todo o primeiro pelotão, fiquei frustrado pois estava bem concentrado e muito a vontade em voar nesse local de montanhas altas. Logo atrás da decolagem tem uma cordilheira com quase 3000 m.

Nunca vi, como o povo aqui dessa parte do mundo gosta de voar colado na montanha, muito legal. Me sinto bem voando assim incrível! Já no segundo dia prova de 97 km, por causa do desenvolvimento vertical das nuvens acabei me desconcentrando e atrasei minha saída do start (já nesse dia muitos pilotos voaram dentro de nuvens e ninguém foi punido, apenas chamado a atenção por partes dos organizadores lamentável.

Diga de passagem muito ruim esse posicionamento do organizador) e ai com muitas sombras voei sempre por baixo e cheguei muito tarde. No terceiro dia de prova eu me posicionei bem e voei sempre na frente estava muito bom de voar tudo funcionando bem até que faltando uns 50 km para o fim da prova de 118 km muitos pilotos voando novamente em nuvem.

Acredito que poderia ter tido incidentes graves por isso, estávamos em um pelotão de mais ou menos 15 pilotos em uma térmica de 2,5 a 4 m/s em baixo de uma sequencia de boas nuvens para a prova quando cheguei a mais ou menos 300 mt da base tirei em 45 graus pois fiquei com preocupado com as nuvens a frente poder estar forte entubar sem querer, mas fui surpreendido por um canhão de 8m/s que inevitavelmente entrei na nuvem.

Naveguei a 90 graus da rota até que imaginei estar seguro para uma espiral. Estava fiz uma espiral forte e desci abaixo da base e me preparava para retomar a rota da prova quando um piloto que não sei que era passou em espiral muito perto de mim minha reação foi frear para evitar a colisão. Eu acho que por estar em um ambiente muito turbulento estolei minha vela até ai tudo bem, o problema foi botar ela pra voar novamente...

Foi ai que consegui uma gravata com a linha passando por cima da vela. Estava alto e seguro, então briguei muito para tentar desfazer mas sem sucesso optei pelo reserva (usei ele pela primeira vez), agora o problema era onde vou chegar no solo aqui tem umas árvores bem altas e eu estava derivando para elas, mas tudo certo pousei como se estivesse aproximando entre as copas e fiquei em pé no chão. Ai opa graças a Deus estou bem...

Nesse dia todos voaram dentro das nuvens e apenas 3 pilotos tiveram pontos zerados. Achei um verdadeiro descaso com a segurança em voo. Já no quarto dia prova de 117 km também bem posicionado fiz o primeiro pilão a 37 km da decolagem em segundo, mas um pequeno colapso fez romper a linha B ponta deixando a vela sem condição de voar seguro pousei muito chateado. A prova seguiu e nenhum brasileiro chegou nesse dia. Acredito que alinha sofreu dano no dia anterior e eu não percebi na revisa que fiz.

Hoje quinto dia voei em rota diferente do primeiro pelotão mas sempre com eles no visual a minha direita até que chegamos junto para o segundo pilão, dai para frente eu não consegui pegara a mesma convergência que eles pegaram e tive que fazer uma outra rota que no final faltou muito pouco para juntar em condição de chegar entre os 15.

Ambiente Muito competitivo e todos voando pra frente muito bom, uma boa escola para mim!
Confesso que estou frustrados com meu resultado, mas contente pela oportunidade de aprendizado!

Cara o Luca Donnini arrebentou na prova de hoje, o velhinho tá mandando ver.
Abraços desculpa o texto longo tentei abreviar

 

Donizete Lemos (Bigode)

Joomla Templates and Joomla Extensions by ZooTemplate.Com
 

Guia 4 Ventos edição gráfica

Guia 4 Ventos - Rampas de voo livre do Brasil

Apenas R$ 25,00
+ taxa de correio.

 

 

Google Analytics Alternative