Historia do voo livre PDF Imprimir Envie este artigo para um amigo

história do voo livreO sonho do homem em voar vem de séculos.
A idéia de voar como pássaros é recordada, através da história, como indicador sempre presente da decisão do homem em imitar este natural símbolo de liberdade.

Os mitos gregos de Dédalo e Ícaro, escapando de Creta em asas de linho e penas de cera são as primeiras gravuras representando a luta do homem em voar.

A atual tecnologia e o desenho das asas modernas traz o realce para a liberdade e o prazer de voar com segurança. Suportadas pela forma aerodinâmica, que ao passar através do ar provoca uma diferença de pressão entre a camada de ar que corre pela superfície inferior, gerando, assim, a sustentação. Mesmo planando, a asa tende a pousar perdendo altura. Para se manter voando é necessário que existam camadas de ar ascendentes, que elevem a asa e a mantenham voando. Suportadas pelas forças do vento ou das térmicas as asas atuais podem experimentar a liberdade do ar e partilhar da alegria de voar como os pássaros.


Essa incrível experiência pode ser a razão para o rápido crescimento do numero pilotos de Vôo Livre no mundo.

PRINCIPAIS MARCOS

» 1804 Geoge Gayley desenhou o planador.

» 1871 Oto Lilienthal começou seu trabalho dedicado ao vôo de planadores. Em vida fez mais de 2000 vôos. Morreu em 1896.

» 1948 Francis Rogallo e sua esposa requereram a patente para uma asa flexível. Mais tarde, a NASA interessou-se pelas asas de Rogallo como veiculo de reintrodução de capsulas espaciais na atmosfera da Terra.

» 1962 John Dickenson foi o primeiro homem a ser rebocado pôr uma lancha em uma asa tipo Rogallo.

» 1968 Bill Moyes foi o primeiro a praticar permanência (soaring) com uma asa Rogallo na Austrália.

» 1969 Bill Bennet levou a primeira asa Rogallo de esqui-aquático da Austrália para os USA.

» 1974 O francês, Stefan Dunoyer du Segonzac, introduziu o vôo Livre no Brasil.

» 1974 Primeiros voadores brasileiros Luís Cláudio Matos e Irencyr Beltrão.

» 1975 Primeiro Campeonato Brasileiro de "SKY SURF"(nome para competição de asa delta) em São Conrado, praia do Pepino.

» 1976 Primeira Equipe Brasileira no Campeonato Mundial em Kossen Austria.

» 1977/78/79 Primeiro Campeonato Internacional Rio São Conrado - Praia do Pepino - RJ.

» 1980/81 PEPE LOPES campeão mundial no Japão.

» 1987 Aparece o parapente para dividir com as asas os espaços aéreos nos céus do mundo.

» 1999 O Brasil torna se campeão mundial de asa delta por equipe.

» 2000 O Brasil passa a ter um piloto de competição de parapente que compete em igualdade com estrangeiros (Frank Brown).

» 2001 É quebrado o recorde mundial de distancia em asa delta, 700 Km no Texas USA.

» 2003 Recorde Mundial de Distância Declarada (Duplo): 284km. André Fleury e Claudia Ribeiro – SOL Kangaroo 2.

» 2004 Recorde Mundial de Distância Declarada (Solo): 305km. Marcio Pinto – SOL Dynamic AR
Recorde Sul-americano de Distância Livre (Solo): 348km. Marcelo 'Cecéu' Prieto – SOL Dynamic AR
Recorde Brasileiro Feminino de Distância Livre (Solo): 205km. Kamira Pereira – SOL Eclipse
Melhor Vôo do Mundo com um Parapente DHV 2 (Solo): 320km. Marcelo 'Cecéu' Prieto – SOL Synergy 2

» 2006 Recorde Mundial de Distância Declarada (Duplo): 305km André Fleury e Claudia Ribeiro – SOL Tracer Bi.

» 2007 O Brasileiro Rafael Saladini, Sardinha quebra o recorde brasileiro, sul-americano de distância livre e o recorde mundial de distância decolando de Quixadá, no Ceará e pousando em Teresina, no Piauí, com 397.7 km.
A Equipe SOL (Rafael Saladine, Frank Brown e Marcelo Prieto) quebra o Recorde mundial de parapente 461,80km, em Quixada - CE.

» 2009 A Brasileira Kamira Pereira (Equipe SOL paragliders) bate o recorde mundial feminino de parapente: 324,5 km, em Quixadá no Ceará.

» 2013 O Piloto Dudu DF bate o recorde Sul Americano de distância de Asa Delta em Tacima - PB com 578 km.

» 2015 A equipe formada pelos pilotos Frank Brown, Marcelo Prieto e Donizete Lemos (Bigode) decolam de Tacima - PB e batem o recorde Mundial de distância de Parapente - 514 km.

 

Rampas de XC no Brasil e as maiores distâncias voadas:

1- Tacima - PB - (Asa delta) 578 km (Parapente) 514 km

1- Quixadá - 461.5 km

2- Patu -  340.4 km

3- Moedinha BH - 270.2 km

4- Pacatuba - 266.1 km

5- Tangará - 259.8 km

6- Jaraguá - 250.8 km

7- Araxá-Horizonte Perdido -  217.0 km

8-  Pelado 202.2 km

Joomla Templates and Joomla Extensions by ZooTemplate.Com
 

Guia 4 Ventos edição gráfica

Guia 4 Ventos - Rampas de voo livre do Brasil

Apenas R$ 25,00
+ taxa de correio.

Banner
Google Analytics Alternative